Recuperando a forma física de antes do COVID-19

Agora que estamos entrando na flexibilização pós pandemia, muitos leitores e clientes tem perguntado sobre a mudança de hábitos a que foram submetidos, uns mantendo certo nível de trabalho físico e infelizmente a maioria deixando a desejar o combate ao sedentarismo.


Apesar de dezenas de artigos e “lives” tentando explicar os novos caminhos, a aderência é pequena ou no mínimo ficando no mínimo ...


Agora que as autoridades sanitárias estão liberando parques, clubes sociais e academias, mas sem liberar esportes coletivos como vamos nos comportar? A resposta tem muito a ver com a lógica e raciocínio médico preventivo do que com o amor ao esporte.


Inúmeros esportistas já estão organizando jogos e algo parecido em grupo, o que ainda não deve ser implementada pois a relevância da segurança preventiva, deve ser seguida. Não se deve praticar esportes coletivos porque não se sabe como está a imunidade dos parceiros dos jogos coletivos e isso é fundamental.


Os clubes de futebol no Brasil como na Europa estão seguindo atitudes extremamente cuidadosas e mesmo assim, apareceram no noticiário jogadores contaminados. Raros atletas foram internados e mais raros ainda numa UTI, isso seria porque os profissionais estavam bem na sua imunidade? Ou então porque o novo coronavírus já está em diminuição da sua virulência? Não sabemos a palavra final, então manter todos os cuidados é obrigatório.


Como vamos agir? A nossa recomendação é a de que todos os atletas façam sua sorologia (IgG e IgM) para conhecer seu estado imunológico, mas por favor em laboratório de análises e não em farmácias, condomínios e lugares não confiáveis. Sempre é necessária a opinião de um médico responsável.


As pessoas que adoeceram, como dissemos em artigos anteriores, devem procurar consulta especializada para procurar possíveis sequelas cardiológicas, com incidência de 10 a 12% dos adoentados. Os que não tiveram complicações vão conferir que estão bem, essa é a nossa recomendação médica.


Quanto tempo depois de curado para voltar aos exercícios e esportes? A palavra de seu médico é a que deve valer, porém caso não tenha ou não consiga fazer uma avaliação e como regra geral de segurança, espere pelo menos 45 dias do início dos sintomas ou da contaminação, e desde que sinta mais nada e não tenha sido internado poderá voltar aos treinos individuais.


Quanto de esforço poderemos fazer? O plano deve ser começar do zero! Isso mesmo do zero para readquirir o estado físico ideal em 12 a 14 semanas, na maioria dos casos.


Quem não teve nada e se manteve sob um mínimo de exercícios na quarentena vai buscar seu profissional de educação física ou assessoria e remontar a planilha de acordo com suas condições físicas atuais e nunca as condições prévias que tinha. Não tenham pressa para perder peso e entrar em forma, porque aí sim o risco de se machucar vai aumentar.


Importante as medidas preventivas: mascaras (mais de uma) e o álcool gel sempre fazendo parte

do seu equipamento esportivo, um bom (de qualidade e não o mais caro) tênis, garrafa de água (não use

bebedouros), as barrinhas de cereais (nunca se exercite em jejum), boné e protetor solar.


Riscos cardiológicos e ortopédicos sempre podem existir por desconhecimento das condições clínicas ou o pior, por desvalorizar as possíveis doenças. Pessoas com mais de 45 anos ou com antecedentes familiares de doenças cardiovasculares, não devem fazer exercícios sem uma reavaliação cardiológica que inclua o teste de esforço com médico junto no local do exame.


A conquista de benefícios só vai ocorrer se for mantida a regularidade, vou repetir que exercício não é poupança para o futuro nem vacina preventiva. Se parar perde-se o que se ganhou.


Vamos voltar aos esportes e exercícios com os cuidados e regras sugeridas, e aguardando a vacina eficiente para os próximos meses.

Dr. Nabil Ghorayeb - Cardiologista e Especialista em Medicina do Esporte


#nabilghorayeb #cardioesporte #cardiologia #cardiologist #cardiologiadoesporte #medicinadoesporte #dantepazzanese#hcor #saopaulo #ipiranga #esporte #checkup #coracao #coronavirus #cardiopatia #quarentena #planodesaude #consultas

19 visualizações

Consultório Privado Ipiranga

R. Bom Pastor, n° 1163 - Ipiranga - SP

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 14h às 18:30h

 Tel: (11) 2273-7311

Consultório HCOR

R. Abílio Soares, n°250, 3º andar -  Paraíso - SP

Horário de Atendimento: Terças e Quintas das 12h às 13h30

 Tel: (11) 3053-6611

  • linkedin cardiologista Nabil Ghoraye
  • facebook cardiologista Nabil Ghoraye
  • instagram Nabil Ghorayeb

© 2019 por Nabil Ghorayeb, Criado orgulhosamente por CDC Marketing

WhatsApp_Logo-Transparente.png