Podemos evitar o infarto no esporte?

Parece uma pergunta sem resposta, mas com algumas medidas preventivas

podemos diminuir o risco de que aconteça algum problema de saúde no esporte, seja

qual for a modalidade.

Sabia que numa corrida de Fórmula 1, no Surf, nas provas de hipismo e outras

parecidas não imaginava-se que o piloto, o cavaleiro ou o surfista sofrem estímulos

cardíacos muito parecidos com o de um atleta.

No nosso livro editado com o fisiologista Turíbio de Barros, “O Exercicio, Ed

Atheneu” (premio Jabuti de Ciências e Saúde de 2000) está publicado o Holter de um

famoso piloto, campeão mundial na época, onde na largada e nas ultrapassagens a

sua frequência cardíaca atingia o limite máximo de 200/minuto. Ao examinarmos

cavaleiros olímpicos e surfistas encontramos corações muito bem adaptados,

exatamente o coração de atleta com baixas frequências cardíacas no repouso iguais a

de um maratonista.

Para evitar ou ao menos diminuir o risco de problema, seja um infarto do

miocárdio ou outro evento cardiovascular, a avaliação clinica especializada é

fundamental. Se o doutor não souber dos riscos de determinada modalidade esportiva,

como por exemplo, alpinismo, mergulho, aventura em cavernas, corridas no deserto e

outras, procure quem conhece o tema porque as exigência do coração são intensas e

podem levar ao infarto ou complicações circulatórias.

Nas avaliações médicas corriqueiras, sempre se deve incluir o teste

ergométrico, que só pode ser feito por médico estando no local do exame, algumas

academias não tem médico e o teste ergométrico com eletrocardiograma é feito por

profissionais não médicos, o que é proibido por lei (exercício ilegal da Medicina), com

risco de erros diagnósticos banais.

Se você for portador de alguma doença, já não se proíbe a pratica esportiva

para grande parte das doenças, porém há limites obrigatórios, por isso procure seu

médico e saiba o que se pode ou não se pode. Mesmo pelo SUS (em SP temos a

Seção de CardioEsporte no Inst. Dante Pazzanese) fazemos atendimentos e

orientações também para pessoas com alguma doença cardíaca.

Sabemos que não existe o zero risco, porém não pratique esportes ou

modalidades de exercícios intensos (maratona, aventura, spinning etc), sem uma

competente avaliação cardiológica do esporte, e no crossfit ou HITT ou outras

modalidades parecidas, faça também uma avaliação ortopédica detalhada pelo alto

risco de lesões.


Nabil Ghorayeb

1 visualização

Consultório Privado Ipiranga

R. Bom Pastor, n° 1163 - Ipiranga - SP

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 14h às 18:30h

 Tel: (11) 2273-7311

Consultório HCOR

R. Abílio Soares, n°250, 3º andar -  Paraíso - SP

Horário de Atendimento: Terças e Quintas das 12h às 13h30

 Tel: (11) 3053-6611

  • linkedin cardiologista Nabil Ghoraye
  • facebook cardiologista Nabil Ghoraye
  • instagram Nabil Ghorayeb

© 2019 por Nabil Ghorayeb, Criado orgulhosamente por CDC Marketing

WhatsApp_Logo-Transparente.png