Outubro Rosa – Combate ao Câncer de Mama com Esporte

A atividade física ou esportiva é sem dúvida das melhores ferramentas para o bem-estar emocional como também físico das mulheres que estão iniciando ou em pleno tratamento oncológico cirúrgico ou quimioterápico e mesmo as consideradas curadas do câncer de mama.


Nós médicos insistimos fortemente em estimular os exercícios físicos da população e com os novos conhecimentos, esse grupo específico de mulheres com seus tratamentos oncológicos, só o fato de serem bem ativas mudou o prognóstico para melhor qualidade de vida em todos os aspectos.


Neste ano da terrível pandemia, treinos e corridas de rua foram totalmente abandonadas e fazemos um apelo para você ou alguém do seu círculo que se encontra nesse grupo de mulheres citado, recomece de imediato seus exercícios e treinos de corrida e exercícios de fortalecimento muscular. A rapidez dessa volta à vida ativa é fundamental na recuperação muscular e por incrível que possa parecer, ajuda no controle do câncer de mama cientificamente falando.


A perda de força muscular dos braços é frequente, e se não for corrigida com os treinamentos próprios leva a um desanimo geral.


O acompanhamento das mulheres em qualquer fase do câncer de mama compreende o mastologista, cardiologista e o profissional de educação física:


1- Avaliação e acompanhamento constante do estado clínico, pelo oncologista/ mastologista e pelo cardiologista, para corrigir os efeitos gerais e cardiovasculares dos tratamentos com quimio e radioterapia.


2- Programar atividades físicas diárias e regulares, de intensidade suficiente para estimular e manter as pacientes em programa de exercícios.


3- Estimular desde que for possível exercícios de baixa intensidade, como as caminhadas, entre 10 e 15 minutos duas vezes ao dia.


4- Com a adaptação a essa atividade física, o volume e a intensidade poderão ser aumentadas para corridas leves ou trote.


5- Um profissional de educação física vai orientar os exercícios e manter contato com o médico assistente da paciente. Alternar as modalidades esportivas n’agua e no solo: hidroginástica/natação com as caminhadas.


6- Avaliar o braço do lado da cirurgia de mama para iniciar exercícios de fortalecimento muscular no momento certo do pós-operatório. Sem dúvida irão auxiliar na redução do inchaço do braço e melhora do tônus muscular.


7- Os exercícios com pesos devem se iniciar conforme entendimento do médico e educador físico, pesos de 01 a 02 Kg, média de 12 repetições, alternando os grupos musculares em cada dia de exercício.


8- O cuidado com o membro superior do lado operado é importantíssimo, evitando traumas, exposição excessiva ao sol, alergias, entre outros possíveis problemas que podem ocorrer.


A atividade física regular como a corrida, contribui para uma melhor qualidade de vida, melhor autoestima, reabilitando a paciente. Sigam sempre as instruções das autoridades sanitárias.

Dr. Nabil Ghorayeb - Cardiologista e Especialista em Medicina do Esporte

#nabilghorayeb #cardioesporte #cardiologia #cardiologist #cardiologiadoesporte #medicinadoesporte #dantepazzanese#hcor #saopaulo #ipiranga #esporte #checkup #coracao #pandemia #cancerdemama #prevencao

4 visualizações

Consultório Privado Ipiranga

R. Bom Pastor, n° 1163 - Ipiranga - SP

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 14h às 18:30h

 Tel: (11) 2273-7311

Consultório HCOR

R. Abílio Soares, n°250, 3º andar -  Paraíso - SP

Horário de Atendimento: Terças e Quintas das 12h às 13h30

 Tel: (11) 3053-6611

  • linkedin cardiologista Nabil Ghoraye
  • facebook cardiologista Nabil Ghoraye
  • instagram Nabil Ghorayeb

© 2019 por Nabil Ghorayeb, Criado orgulhosamente por CDC Marketing

WhatsApp_Logo-Transparente.png