O que a emoção do esporte provoca no coração

Com o nome de Síndrome do Coração Partido (Heart Break Syndrome) foi

descrita há uns 20 anos, uma nova condição patológica do coração, que teve o apelido

de Takotsubo pela forma anatômica que ficava o coração (parecendo a jarra de pesca

japonesa para caçar polvos), quando então o coração era acometido de um infarto do

miocárdio, só por causa de uma emoção negativa, sem ter obstruções das coronárias

por gordura, a aterosclerose das artérias coronárias, pequenos vasos sanguíneos que

levam o sangue para nutrir o miocárdio. A causa, imaginem, era uma emoção

negativa, ou decepção, extremamente forte como perdas de ente querido, perda de

emprego, emoções negativas de um jogo muito importante e outras emoções. Além

das decepções das finais de futebol, existem outras questões pessoais que não

imaginávamos serem tão importantes como se mostraram:

1- Tivemos um atleta de 53 anos veteranos de corridas e que após correr a

maratona de SP, teve infarto do miocárdio 03 horas depois, já em casa

após a corrida.

2- Outras surpresas também de caráter psicossomático, foram os comentários

de vários corredores da Maratona de SP, que se confessaram

decepcionados com a (surpreendente para eles) baixa performance na

corrida, postos com tristeza nas páginas pessoais do facebook. Foram

testemunhos surpreendentes, sempre explicando que iniciaram a prova

muito bem, e depois de passado um terço e pouco mais da corrida,

começaram a perder a capacidade física, que culminou com alguns até se

arrastando até o final dos 42 km e alguns metros.

Enorme Considerando que relatavam estar aparentemente preparados, nos

deparamos como causas: os prováveis excessos físicos prévios, desgastes na

participação de outras provas longas recentes, erros nutricionais, falta de preparação

conveniente e outras condições físicas desfavoráveis, e alguns deles com doenças

que foram medicadas com fármacos ótimos mas que pioravam a performance.

Recentemente foi descrito por cardiologistas gregos uma novidade, o coração

partido por emoção positiva. Algo descrito como a vitória numa prova ou jogo

provocando parada cardíaca. Revendo a história encontramos relatos de finais de

esportivas causando grandes emoções no público. O relato mais antigo conta que um

corredor grego campeão olímpico da era greco-romana, treinou seus dois filhos que


venceram as provas olímpicas e foram aclamados pelo publico. Ao perceberam que o

pai estava presente, foi ovacionado pelos espectadores e esta emoção acabou

provocando morte súbita. (Positive emotions and Takotsubo syndrome: ‘happy heart’

or ‘Diagoras’ syndrome? Eur Heart J (2016) 37 (37): 2821-2822.)


Nabil Ghorayeb

3 visualizações

Consultório Privado Ipiranga

R. Bom Pastor, n° 1163 - Ipiranga - SP

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 14h às 18:30h

 Tel: (11) 2273-7311

Consultório HCOR

R. Abílio Soares, n°250, 3º andar -  Paraíso - SP

Horário de Atendimento: Terças e Quintas das 12h às 13h30

 Tel: (11) 3053-6611

  • linkedin cardiologista Nabil Ghoraye
  • facebook cardiologista Nabil Ghoraye
  • instagram Nabil Ghorayeb

© 2019 por Nabil Ghorayeb, Criado orgulhosamente por CDC Marketing

WhatsApp_Logo-Transparente.png