MANTER-SE ATIVO PREVINE DOENÇAS CARDIOVASCULARES

Tudo contribui para nos tornar sedentários nesses tempos, pois como se sabe as doenças cardiovasculares e cerebrais são muito dependentes dos hábitos de vida, sejam alimentares, seja relacionado à uma vida de trabalho, seja falta de tempo de lazer etc.


Temos visto na pandemia, uma piora das doenças crônicas em geral que estavam controladas, e uma das causas é o sedentarismo, quase não percebido pelas pessoas, além do adiamento da consulta clínica habitual quando se reavalia a dosagem e os resultados da medicação que vinha sendo utilizada. Um dos motivos mais comuns entre pacientes com mais de 50 anos foi o fato de não estar vacinado completamente. Alguns ficaram mais de um ano sem voltar à consulta médica regular, o que facilitou o avanço da doença que estava controlada.


Essa situação de piora, em grande parte das vezes, não resultou em sintomas que alertariam da evolução negativa e por isso que estamos lembrando aos pacientes crônicos que revejam sua agenda e voltem ao controle médico das suas doenças.

Nos pronto socorros das metrópoles, atualmente além dos casos de gripes comuns (Influenza) e de COVID-19 estamos com um volume maior de hipertensão arterial descontrolada e derrame cerebral, como arritmias cardíacas e infarto do miocárdio e descompensações do diabete.


Dr. Nabil Ghorayeb - Cardiologista e Especialista em Medicina do Esporte





8 visualizações0 comentário
WhatsApp_Logo-Transparente.png