Guerra ao sedentarismo!

Ainda no meio da pandemia, cuidados e prevenções sofrendo muitas discussões políticas e médicas, mas como nós enxergamos o momento atual? A única resposta é: aguardando ao menos uma vacina eficiente, sem dúvida a nossa única saída para controlar essa terrível pandemia. Vai permitir a volta à vida normal ou melhor dizendo ao novo normal.


Enquanto isso, o receio do contágio da imensa maioria das pessoas com mais de 45 anos, os levou ao abandono praticamente total das atividades físicas e esportivas, os poucos que resolveram continuar a praticar exercícios, ainda não se soltaram totalmente, praticam de menos e irregularmente pelo que nos contam. E quanto aos demais esportistas? Ganharam mau humor, excesso de peso, flacidez muscular e dores no corpo.


Precisamos reafirmar os nossos conceitos preventivos, é necessário para a saúde de pessoas sadias, como também das pessoas que tem alguma doença, voltar a se exercitar, e se possível conhecendo seus limites pelo teste ergométrico como ideal. É necessário lembrar, sempre que for possível, com orientação especializada de um profissional de educação física, sempre conferindo sua formação curricular para evitar curiosos ou desinformados dando palpites arriscados. Esse é o caminho recomendável mesmo que seja virtual. Considero importante que faça exercícios a que já esteja acostumado a fazer.


As recomendações atuais para pessoas iniciantes e obesos da faixa de idade com mais de 45 anos é praticar treinos com exercícios aeróbicos leves, ao redor dos 150 minutos semanais, podendo atingir intensidade moderada os que já se exercitavam regularmente antes da pandemia e completar 300 minutos de exercícios na semana. Pessoas bem treinadas em geral, mais jovens, a intensidade poderá ser maior num tempo de exercício intenso de 150 minutos.


Pessoas que tem alguma doença crônica devem conversar com seu médico sempre que puderem, caso contrário os exercícios devem ficar no estágio leve sem ultrapassar a frequência cardíaca de 195 menos a idade, um número que serve para evitar os exageros na falta de informações mais detalhadas, que se consegue ao se fazer o teste de esforço (ergométrico) na presença de um médico no local.


O mais importante é sair urgente do sedentarismo considerado um forte fator de risco para doenças cardiovasculares crônicas e mesmo para muitas doenças degenerativas do nosso organismo em geral e mesmo do nosso cérebro


Dr. Nabil Ghorayeb - Cardiologista e Especialista em Medicina do Esporte #nabilghorayeb#drnabil#Ipirangasp#cardiologia#cardioesporte #medicodoesporte #sedentarismo #guerraaosedentarismo

75 visualizações0 comentário

Consultório Privado Ipiranga

R. Bom Pastor, n° 1163 - Ipiranga - SP

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 14h às 18:30h

 Tel: (11) 2273-7311

Consultório HCOR

R. Abílio Soares, n°250, 3º andar -  Paraíso - SP

Horário de Atendimento: Terças e Quintas das 12h às 13h30

 Tel: (11) 3053-6611

  • linkedin cardiologista Nabil Ghoraye
  • facebook cardiologista Nabil Ghoraye
  • instagram Nabil Ghorayeb

© 2019 por Nabil Ghorayeb, Criado orgulhosamente por CDC Marketing

WhatsApp_Logo-Transparente.png