Gerenciar os problemas cardíacos com exercícios físicos e outras medidas.

Podemos chamar de gerenciamento dos fatores de risco quando

procuramos o prolongamento da vida com qualidade e prevenindo o avanço das

doenças cardiovasculares e degenerativas que podemos adquirir durante a vida. Isto

não é novidade mais para ninguém, mas se abordarmos por exemplo, a chamada

reabilitação cardíaca, para muitos pacientes ela se resume aos exercícios físicos

regulares esquecendo dos demais hábitos de vida.

Por encontrar na internet e outras mídias, desde profissionais da saúde até

curiosos que se auto intitulam de terapeutas ou coachs, pessoas totalmente

desinformados ou no mínimo diferentes (ortodoxos), isto é, dizendo ter informações

pessoais absurdas contra alguns dos tratamentos mais modernos e validados,

afirmando o terrível “eu acho que”, passo a vocês algumas descabidas afirmações

como: 1- o medicamento estatina é perigoso e quem ganha são os fabricantes pelo

seu alto valor comercial; 2- modalidade de exercícios intensos não tem riscos e são

mais efetivos que os moderados para a saúde; 3- tomar vacinas se pode provocar o

surgimento de vários tipos de câncer; 4- não há necessidade de profissional de

educação física nas academias e nos parques para orientar e corrigir a pratica de

exercícios, com os aplicativos está resolvida a pratica de exercícios físicos. A imensa

maioria desses aplicativos não tem validação científica alguma, e se constatou que

são verdadeiras armadilhas sem autor; 5- para praticar exercícios em academia basta

pagar e assinar aquele famigerado termo de responsabilidade, afinal alguns donos

dizem que é a mesma coisa que um diabético entrar num bar e beber pinga, ele é

responsável sozinho pelo que lhe acontecer.

Essas várias alegações, além de totalmente absurdas, são perigosas como por

exemplo, a Lei que beneficiou as academias isentando necessidade de avaliação

médica prévia, porém deixou as entidades médicas muito preocupadas e mesmo o

ministério público ao ser informado, considerou esses documentos de

responsabilidade do cliente como atos dolosos, pois como alguém pode ser

responsável pela saúde, ao usar equipamentos da academia que podem desencadear

lesões e outros riscos mais graves? A responsabilidade de um evento vai acabar no

colo do profissional de educação física, um absurdo!

Para gerenciarmos nossa saúde corrigindo fatores de risco das doenças, temos

que ter as orientações dos médicos e dos profissionais de cada área. Hoje temos os

grandes seguros e planos de saúde e até no SUS atendimento completo nos vários

Centros de qualidade e referencia mundial. Já ocorreu uma forte modificação na

prevenção das doenças pelo mundo afora e já está sendo implementado no Brasil.

As pessoas entendem essa necessidade e é preciso que mais e mais adotem

essa gestão de sua própria saúde, seja antes das doenças aparecerem corrigindo os

maus hábitos de vida seja depois de uma doença, iniciando seu tratamento a longo

prazo e seguindo com sua reabilitação e correção dos fatores de risco que a

provocaram.


Nabil Ghorayeb

0 visualização

Consultório Privado Ipiranga

R. Bom Pastor, n° 1163 - Ipiranga - SP

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 14h às 18:30h

 Tel: (11) 2273-7311

Consultório HCOR

R. Abílio Soares, n°250, 3º andar -  Paraíso - SP

Horário de Atendimento: Terças e Quintas das 12h às 13h30

 Tel: (11) 3053-6611

  • linkedin cardiologista Nabil Ghoraye
  • facebook cardiologista Nabil Ghoraye
  • instagram Nabil Ghorayeb

© 2019 por Nabil Ghorayeb, Criado orgulhosamente por CDC Marketing

WhatsApp_Logo-Transparente.png