Cuidado com os hormônios bio - idênticos e anabolizantes

Atualizado: 1 de Dez de 2020

Infelizmente para a saúde da população, no tema combate ao sedentarismo, temos a obrigação moral de voltar ao assunto hormônios (testosterona, DHEA, GH) e anabolizantes, hoje uma verdadeira epidemia que assola o esportista de todas as modalidades e de todas as idades.


Incrível como certas pessoas da atual geração saúde são enganadas, acreditando que usar anabolizantes e hormônios de ouvir falar, ou então procurar famoso médico, ficha suja que todo mundo sabe que os prescreve, nada irá lhes acontecer.


Nesta semana a Revista Europeia de Cardiologia publicou um artigo de alerta para quem usa os tais hormônios bio-identicos da proibida terapêutica antiaging: “Testosterone: a hormone preventing cardiovascular disease or a therapy increasing cardiovascular events?” (http://eurheartj.oxfordjournals.org/content/37/48/3569) O texto afirma que as terapias exógenas (gel e injetáveis) usadas para restaurar os níveis normais de testosterona não mostraram qualquer benefício com relação a diminuir os eventos de doença cardiovasculares, e pior até mesmo tiveram um potencial efeito nocivo.


Por coincidência esta semana, tivemos a oportunidade de consultar dois casos típicos e extremamente graves, o primeiro era um jovem de 40 anos, de antecedentes totalmente sadios, que por sugestão de amigo instrutor da academia que frequenta em SP, decidiu usar testosterona e anabolizante “puro sem risco” para ficar mais forte e sentir-se bem. Em poucas semanas seus níveis de testosterona atingiram o extremamente perigoso nível de quase 2000 ng/dl, e surgiu hipertensão arterial com comprometimento renal, além de arritmias cardíacas graves. Ainda mais esse jovem associou o hormônio DHEA, pois seu “consultor” lhe disse que esse, era apenas um precursor da testosterona, sem efeitos colaterais... E tudo isto acabou com sua saúde!


O outro caso foi de uma senhora de 50 anos, esportista regular há anos que procurou um médico para o tratamento “antiaging”, usando hormônios bio – idênticos pelo gel de testosterona. Ela ficou com níveis de hormônio masculino em níveis patológicos superiores a de um homem, além da elevação do colesterol ruim, o LDL e leve hipertensão arterial, para completar os riscos. Foi-lhe acrescentada Vit D oral e em consequência seus níveis de Vit D atingiram mais do que o triplo do normal, trazendo um enorme risco eminente à saúde.


O tratamento antiaging é proibido no Brasil, por total falta de consistência científica e pelos possíveis danos graves á saúde (câncer e outras alterações cardiovasculares) e ainda deve-se alertar que o custo desse tratamento não autorizado, poderá ser ressarcido via Judiciário, por ser proibido pelo CFM – Conselho Federal de Medicina e ANVISA. Os médicos que o praticam poderão ser levados ao CRM, para responder a processo, por ferir o Código de Ética Médica ao se prescrever esse tratamento. Na dúvida fale com seu médico de confiança ou procure o site do CRM estadual.


Insistimos para que se pratique esporte sem uso de drogas ou medicamentos. Procure um nutricionista de confiança para saber da necessidade ou não de suplementação e um profissional de educação física para segurança e resultados dos treinos, após a conveniente avaliação médica competente.


Dr. Nabil Ghorayeb - Cardiologista e Especialista em Medicina do Esporte

#nabilghorayeb #drnabil #Ipirangasp #cardiologia #novembroazul #cancerdeprostata #prevencao #medicodoesporte

34 visualizações0 comentário

Consultório Privado Ipiranga

R. Bom Pastor, n° 1163 - Ipiranga - SP

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta das 14h às 18:30h

 Tel: (11) 2273-7311

Consultório HCOR

R. Abílio Soares, n°250, 3º andar -  Paraíso - SP

Horário de Atendimento: Terças e Quintas das 12h às 13h30

 Tel: (11) 3053-6611

  • linkedin cardiologista Nabil Ghoraye
  • facebook cardiologista Nabil Ghoraye
  • instagram Nabil Ghorayeb

© 2019 por Nabil Ghorayeb, Criado orgulhosamente por CDC Marketing

WhatsApp_Logo-Transparente.png